Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Assédio Moral

  Causas da Ocorrência
As causas da ocorrência de assédio moral no local de trabalho têm sido alvo de intenso debate quer por parte da comunidade científica quer por parte de instituições ligadas à saúde ocupacional, quer ainda por parte dos media e do público em geral, devido às graves consequências que se têm verificado ocorrer junto das pessoas que são alvo deste processo. Como resultado do processo de assédio moral e inerentes comportamentos estigmatizantes, frequentemente, a vítima começa a evidenciar um largo espectro de sintomas de stress, falta de concentração e falhas de memória que conduzem a uma deterioração do seu desempenho profissional, sendo alvo de críticas de “desempenho medíocre” e “alheamento face ao trabalho”. Isto conduz, frequentemente, a necessidade de intervenção terapêutica e afastamento do seu local de trabalho por motivos de saúde.

No sentido de descortinar as causas de ocorrência deste fenómeno, alguns investigadores têm focado nos traços de personalidade, quer da vítima quer do agressor; outros têm posto a ênfase da análise no papel desempenhado pelas deficiências no ambiente de trabalho. Para além disso, processos grupais e forças sócio-económicas têm sido incluídos como factores relevantes de análise por outros investigadores. Por último, mais recentemente, têm avançado com a possibilidade de interacção de factores a diversos níveis.

Assim têm sido identificados factores a diversos níveis, nomeadamente:



De seguida apresenta-se um modelo abrangente sobre a forma como os factores organizacionais podem interagir com factores a outros níveis, no complexo e multifacetado processo de “bullying”.


Modelo abrangente de ocorrência de assédio moral no local de trabalho

(adaptado de Einärsen, 2000)

copyrigth © AssedioMoral - Todos os Direitos Reservados
Design por HReis - Aplicação por WSP Design